0
Pressão Para Engravidar: Mulher sentada com cabeça baixa
Pré-Gestacional, Tentantes

Culpa De Tentante – O Resultado da Pressão para Engravidar

Entenda os tipos de culpa que surgem na caminha da vida de tentante!


Olá! Você sente pressão para engravidar por todos os lados? Saiba que ela tem grande relação com a culpa! Vamos falar sobre isso?

No texto de hoje começo destacando um fato afirmado e consumado: quando um casal está tentando ter filhos e não consegue, a primeira pessoa a ser submetida a diversos testes e exames, é a mulher!

E não ao mesmo tempo, cada um em seu médico, mas primeiro a mulher!

Pois é, essa é uma questão delicada e que vem sendo cada vez mais questionada. Afinal, logo de início, já se supõe que a culpada pela infertilidade, é a mulher.

Acontece que se algo “errado” é encontrado no corpo dessa mulher, o parceiro não costuma ser levado a fazem exame algum. Mas se pararmos para pensar, ele também pode ter algo a ser investigado, certo?

Bom, essa é apenas uma das culpas que as mulheres tentantes podem sofrer,  a CULPA dada a ela, pelos outros, pela sociedade.

Além da (1)culpa imposta pela sociedade, pode acontecer o surgimento de outra culpa, a (2)culpa pelo sentimento de incapacidade.

Isso mesmo, essa é a culpa mais comum nas tentantes, e aparece por não conseguir executar aquilo que ‘todos’ ao seu redor esperam que ela faça, engravide.

Na sociedade em que vivemos hoje, um dos aspectos mais esperados de uma mulher é que ela seja capaz de gerar outra vida, principalmente quando atinge certa idade e/ou está em um relacionamento duradouro.

Aí se desencadeia a sensação de incapacidade por não satisfazer o que os outros esperam, por não cumprir o seu papel de mulher na sociedade, principalmente para as mulheres que deram ênfase na carreira ou outras questões, adiando a maternidade.

Essa sensação pode trazer a tona sentimentos como ansiedade, inferioridade, solidão, tristeza, pressão, solidão, incompreensão, entre outros que levam a essa CULPA. – a pressão para engravidar realmente aparece em cada canto!

E quando o julgamento alheio aparece (o que acontece na maioria das vezes), a culpa cresce ainda mais. Quando se encontra em proporções grandes, é comum desencadear outros sentimentos que levam à outra culpa. Sim, isso mesmo, já estamos na terceira!

pressão para engravidar: mulher deitada de lado no chão.

O tipo de culpa que pode surgir nesse momento, é a culpa por pensar coisas ruins de si mesma, a (3)culpa pela auto depreciação.

Por exemplo, muitas mulheres dizem (pensam) frases como: “eu me sinto estragada”; “eu sou podre por dentro”; “eu não presto para nada”; “eu não sou mulher o suficiente”; “que espécie de mulher eu sou que não consegue nem gerar um filho?”; e etc.

Começando a ver o próprio corpo de outra forma, como portador de alguma deficiência, que não funciona e, nesses casos, a menstruação é vista como a comprovação desses pensamentos, sendo vista com alta negatividade.

Pois bem, quando uma pessoa repete esses pensamentos a si mesmo, gera a culpa pela auto depreciação, por pensar coisas ruins de si mesma o que leva a uma diminuição da autoestima.

Além disso, é bastante comum que o companheiro, na tentativa de ajudar, apenas apoie todas as decisões da mulher, descartando o compartilhamento, fazendo com que essa mulher se sinta ainda mais só, levando ao afastamento desse casal, multiplicando esses sentimentos.

E aí, todas essas culpas e sentimentos juntos e misturados vira uma bola de neve, percebe??

Por isso, o importante é saber qual dessas culpas você mais sente para, então, aprender a lidar com elas (mesmo que precise de ajuda de uma psicóloga para isso) e com a pressão para engravidar que aparece por todos os lados.

Afinal, independente de haver um empecilho físico para a gravidez, ou não, existem coisas que estão além do nosso alcance.

Culpa é, então, o sentimento de frustração entre o que NÃO acontece (gravidez) e o que nós gostaríamos que acontecesse ou como nós achamos que deveríamos ser.

PONTOS IMPORTANTES:

  1. A culpa intensa pode atrapalhar a fertilidade.
  2. Toda essa bola de neve de sentimentos e culpas, pode levar a mulher à uma depressão e/ou transtorno de ansiedade.

Por isso, PROCURE SEMPRE UM PROFISSIONAL CAPACITADO para te ajudar!

E aí, gostou do Post?

A culpa pode ser muito pesada a ponto de dificultar o seu caminhar. A Psicologia pode te ajudar a abrir mão de muitas culpas, principalmente as que nem são suas. Quer saber como? Deixe seu email, que eu entro em contato e te explico!

* Não se preocupe, você não receberá spam



Ainda não acabou! Veja uma super DICA que preparei para você no vídeo abaixo!

Nesse vídeo eu trago um exercício que você pode fazer para aprender a lidar com as culpas que essa fase pode te trazer!

Não esquece de me contar aqui nos comentários o que achou! 🙂


Assista também a LIVE que fiz falando sobre esse tema!

Post Anterior Próximo Post

Você Pode Gostar Também

Sem Comentários

Deixe uma Resposta